jip
Faça sua parte! Você também pode ajudar a combater o mosquito
chek
Política & Poder

Biden e Sanders fazem neste domingo primeiro debate na TV

,

14/03/2020 21h00
Por: DILMANLS
9

Joe Biden, favorito para representar os democratas nas eleições presidenciais de novembro nos Estados Unidos, e Bernie Sanders farão na noite deste domingo, em Washington, seu primeiro debate na TV, em meio a primárias perturbadas pelo novo coronavírus.

O 11º debate democrata, que acontecerá às 22h locais, colocará frente a frente o ex-vice-presidente americano e o senador socialista. Na terça-feira, serão realizadas novas primárias, em estados-chave como Flórida e Ohio.

Após um início desastroso, Joe Biden, 77, teve uma sucessão de vitórias importantes e conseguiu reunir a ala mais moderada do partido, segundo a qual o ex-vice-presidente de Barack Obama está mais bem colocado do que o rival para vencer Donald Trump nas eleições presidenciais.

Bernie Sanders, 78, foi no sentido contrário, emendando derrotas em março, depois de se tornar favorito após vitórias nas primeiras votações, em fevereiro. Hoje, sua situação é precária.

 
 

Na última quarta-feira, o senador por Vermont pronunciou um discurso paradoxal, reconhecendo ter sido derrotado em um ponto crucial: o de convencer os eleitores democratas de que é o mais indicado para ganhar de Trump. Mas em vez de tirar conclusões do ocorrido e convocar seus eleitores a apoiar Biden, Sanders convocou o rival para um novo debate, em que lhe fará perguntas sobre seus projetos de governo.

Bernie estimou que já venceu “o debate ideológico e geracional”, e que mesmo os democratas mais moderados serão obrigados a retomar muitas de suas propostas de “revolução política” que tanto atraem amplos setores da juventude e que, para um país como os Estados Unidos, têm um selo claramente esquerdista.

Se conseguir que Biden aceite a pertinência de suas propostas, Sanders poderia abandonar a corrida e deixar o caminho livre para o ex-vice-presidente. “Donald Trump tem que ser derrotado, e farei o que estiver ao meu alcance para que isto aconteça”, garantiu.

Biden, que tem um programa mais centrista e, até agora, menos preciso do que Sanders, estendeu a mão ao socialista na última terça-feira: “Temos o mesmo objetivo e, juntos, derrotaremos Trump.”

 
 

Biden conseguiu uma vantagem confortável ao conquistar o maior número de delegados para a convenção democrata que irá eleger em julho o candidato à presidência. Flórida, Ohio, Illinois e Arizona, grandes provedores de delegados, deverão lhe permitir consolidar esta posição.

Os quatro estados decidiram manter as eleições, apesar da epidemia do novo coronavírus, que dificulta cada vez mais a campanha. Já a Louisiana adiou para 20 de junho suas primárias, programadas para 4 de abril.

O debate deste domingo, que seria realizado no Arizona, acontecerá em Washington, sem plateia.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Brasília - DF
Atualizado às 05h38
21°
Alguma nebulosidade Máxima: 30° - Mínima: 18°
21°

Sensação

2 km/h

Vento

88%

Umidade

Fonte: Climatempo
jornaldebrasilia
Jornal
Municípios
Jornal
Últimas notícias
jornaldebrasilia
Mais lidas
Jornal