Sexta, 23 de Outubro de 2020 18:57
61 99660-9440
Brasil COVID-19

Com mais 869 mortes por covid, Brasil acumula 138.977 mil óbitos

O país está há uma semana sem registrar mais de mil fatalidades. A última vez que isso ocorreu foi em 15 de setembro, quando o Ministério da Saúde confirmou acréscimo de 1.113 novas vítimas da doença

23/09/2020 19h45
85
Por: DILMAN LIMA
Com mais 869 mortes por covid, Brasil acumula 138.977 mil óbitos

O balanço do Ministério da Saúde desta quarta-feira (23/9) registrou mais 33.281 casos confirmados do novo coronavírus e 869 novas mortes. Com isso, o Brasil contabiliza 4.624.885 de diagnósticos positivos e 138.977 óbitos. O país está há sete dias sem registrar mais de mil fatalidades. A última vez que isso ocorreu foi em 15 de setembro, quando a pasta confirmou 1.113 perdas pela doença em 24 horas.

 

Na análise da última semana epidemiológica concluída, a 38, os números de infectados e de mortes cresceram em comparação com a anterior. Os registros de casos aumentaram 10% e o de óbitos, 6%.

O secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo Medeiros, abordou o aumento da última semana, mas destacou o acumulado de 14 dias. “Verificamos que houve um aumento na última semana, de cerca de 10%, mas quando olhamos o período que normalmente usamos, de duas semanas agregadas, temos uma redução de 23% de novos registros de casos de covid”, afirmou durante a coletiva de imprensa da pasta. 

Ao fazer um recorte por região, se observa um acréscimo no número de casos em todas as regiões brasileiras, no comparativo dos números das semanas epidemiológicas 38 e 37. No agregado dos 14 dias das últimas semanas concluídas, só o Centro-Oeste registrou incremento, com 3%. A região Sul teve a maior baixa em 14 dias, -50%. Em seguida, vem o Nordeste (-21%), Norte (-19%) e Sudeste (-14%).

Platô

Ao analisar a curva de mortes por semana no Brasil, Medeiros destacou a observação de um platô desde maio. “A partir da 29ª semana, esse registro de novos óbitos vem diminuindo e, quando olhamos o registro dos últimos 14 dias, tivemos uma redução de 7%. Embora, na última semana, houve um aumento de 6% nos óbitos”, completou.

No Norte, o aumento de registros de novas mortes foi de 40%. Também registrando incrementos estão o Sudeste (10%) e o Sul (6%). Já no Nordeste houve redução de 5% nas fatalidades; e no Centro-Oeste, de 2%. No entanto, ao avaliar o acumulado de duas semanas, apenas o Sudeste apresentou incremento de 4%.

 

A covid-19 se alastrou por todo o Brasil e 5.549 dos 5.570 municípios do país já registraram pelo menos um diagnóstico positivo. Ou seja, apenas 21 cidades estão fora da lista. Já em relação aos municípios que confirmaram mortes, esse número é menor: 79% notificaram óbitos por covid-19. Ou seja, 1.149 cidades ainda não registraram fatalidades.

Estados

Com uma taxa de mortalidade de 3%, o Brasil soma mais de mil mortes na maioria dos estados. Atualmente, 23 unidades federativas atingiram a marca. No topo da tabela estão São Paulo e Rio de Janeiro, com 34.492 e 17.911 vítimas, respectivamente.

Em seguida estão: Ceará (8.861), Pernambuco (8.085), Minas Gerais (6.897), Pará (6.489), Bahia (6.408), Rio Grande do Sul (4.515), Goiás (4.265), Paraná (4.244), Amazonas (3.984), Maranhão (3.683), Espírito Santo (3.452), Mato Grosso (3.287), Distrito Federal (3.148), Paraíba (2.741), Santa Catarina (2.686), Rio Grande do Norte (2.356), Piauí (2.061), Alagoas (2.034), Sergipe (1.999), Rondônia (1.320) e Mato Grosso do Sul (1.204).

Somente quatro estados ficam de fora da lista: Tocantins (890), Amapá (697), Acre (652) e Roraima (616).

 
Brasília - DF
Atualizado às 18h50 - Fonte: Climatempo
25°
Muitas nuvens

Mín. 18° Máx. 24°

25° Sensação
7 km/h Vento
69% Umidade do ar
90% (25mm) Chance de chuva
Amanhã (24/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 17° Máx. 24°

Sol com muitas nuvens e chuva
Domingo (25/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 17° Máx. 25°

Sol com muitas nuvens e chuva