Saturday, 20 de July de 2024
14°C 25°C
Brasília, DF
Publicidade

CAS aprova concurso de remoção a servidores da carreira de Políticas Públicas e Gestão Educacional

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) da Câmara Legislativa do Distrito Federal aprovou, na manhã desta quarta-feira (12), o projeto de lei 340/2023...

12/06/2024 às 13h27
Por: Robson Silva De Jesus Fonte: Agência CLDF
Compartilhe:
Foto: Eurico Eduardo/Agência CLDF
Foto: Eurico Eduardo/Agência CLDF

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) da Câmara Legislativa do Distrito Federal aprovou, na manhã desta quarta-feira (12), o projeto de lei 340/2023, que permite ao servidor integrante da carreira de Políticas Públicas e Gestão Educacional (PPGE) fazer concurso de remoção. Com este objetivo, o projeto altera a Lei 5.106/2013, que dispõe sobre o assunto, permitindo ao servidor “a alteração de lotação e de exercício, mediante concurso de remoção, realizado anualmente”.

O autor da proposta, deputado João Cardoso (Avante), explicou que a carreira de Políticas Públicas e Gestão Educacional (PPGE) é formada por servidores de diversas especialidades que dão suporte à educação do DF e compõem a base administrativa, cujo trabalho possibilita o funcionamento das escolas. Ele acrescentou que, embora a criação da PPGE tenha possibilitado a valorização desses servidores, ainda existem discrepâncias que precisam ser corrigidas. Nesse contexto, o direito ao concurso de remoção possibilitará ao servidor da PPGE trabalhar próximo de sua residência. 

O relator da matéria, deputado Martins Machado (Republicanos), observou que “a medida fortalece a carreira e permite melhor organização dos recursos humanos à disposição da Administração Pública, e também dá tratamento isonômico para a carreira quando comparada a outras do DF, a exemplo da carreira Magistério Público”.

A deputada Dayse Amarilio (PSB) e o deputado Pastor Daniel de Castro (PP) parabenizaram o deputado Cardoso pela iniciativa. Um grupo de servidores da carreira de Políticas Públicas e Gestão Educacional (PPGE), presentes na reunião da CAS, aplaudiu a aprovação do projeto, que seguirá, agora, para análise das comissões de Economia, Orçamento e Finanças (CEOF) e Constituição e Justiça (CCJ), e, posteriormente, para votação em plenário.

Servidores da radiologia 

O colegiado também aprovou o PL 2555/2022, do deputado Jorge Vianna (PSD), que possibilita o adicional de insalubridades de 40% sobre o vencimento aos servidores públicos do DF da área da radiologia em pleno exercício da atividade. 

“Ao se tratar de saúde, entendo que o servidor deve ser remunerado da melhor forma possível, razão pela qual reforço que o projeto é extremamente meritório”, considerou a relatora da matéria, deputada Dayse Amarilio.

Participaram da reunião de hoje (12), transmitida ao vivo pela TV Distrital (canal 9.3) e YouTube , com tradução simultânea em Libras, os deputados Dayse Amarilio (PSB), Pastor Daniel de Castro (PP), Martins Machado (Republicanos), João Cardoso (Avante) e Max Maciel (PSOL).

Franci Moraes - Agência CLDF

Brasília, DF
24°
Tempo limpo

Mín. 14° Máx. 25°

23° Sensação
4.63km/h Vento
31% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h38 Nascer do sol
05h57 Pôr do sol
Sun 25° 14°
Mon 25° 14°
Tue 26° 15°
Wed 27° 15°
Thu 27° 15°
Atualizado às 18h01
Publicidade
Publicidade
Anúncio
Economia
Dólar
R$ 5,60 +0,00%
Euro
R$ 6,10 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,63%
Bitcoin
R$ 398,424,85 -0,37%
Ibovespa
127,616,46 pts -0.03%
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade