Segunda, 26 de Outubro de 2020 06:44
61 99660-9440
DISTRITO FEDERAL Geral

Alerta vermelho: depois de registrar 34ºC, tempo deve continuar quente e seco

Alerta vermelho: depois de registrar 34º, o tempo deve continuar quente e seco

28/09/2020 07h37
179
Por: DILMAN LIMA Fonte: Correio Brasiliense
Alerta vermelho: depois de registrar 34ºC, tempo deve continuar quente e seco

Com previsão de umidades baixas e temperaturas que podem chegar perto dos 35ºC, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) não descarta a possibilidade de emitir novos alertas vermelhos ao longo da semana para o Distrito Federal. Ontem, com a umidade abaixo de 12% em algumas regiões, o órgão e a Defesa Civil enviaram aviso aos brasilienses por conta dos riscos à saúde provocados pela seca.

De acordo com o Inmet, os termômetros marcaram 34ºC no Gama e 32,7ºC no Plano Piloto. Nessas duas localidades, a umidade relativa do ar ficou em 11% e 17%, respectivamente. Os próximos dias devem repetir esse padrão.

“A semana ainda será seca, com temperaturas máximas variando entre 30 e 34 graus até sexta-feira. O Distrito Federal permanece sem uma condição efetiva de chuva. Se ocorrer, será de forma muito pontual”, afirma o meteorologista Olívio Bahia.

Segundo Bahia, embora haja possibilidade de precipitações em outras áreas do Centro-Oeste, a situação do DF ainda exige atenção. “Estamos cercados de temperaturas quentes. Tudo isso mantém a preocupação. Pode chover em regiões de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e extremo norte de Goiás. Por aqui, não há condições de chuva ainda.”

O Inmet e a Defesa Civil recomendam que os brasilienses evitem fazer exercícios físicos nas horas mais quentes do dia, bebam bastante líquido, usem roupas leves e hidratantes para a pele.

Por conta do calor, o dia foi movimentado em clubes, parques e na orla do Lago Paranoá. Nem todos que saíram de casa respeitaram as regras de distanciamento e do uso de máscara para evitar a contaminação pelo coronavírus.

No lago, o servidor público Viktor Lins, de 36 anos, divertia-se com a família e amigos em uma lancha. “Geralmente, bate um vento na lancha que ajuda a refrescar, a diminuir o calor. Mas hoje, nem isso. Tivemos que abrir uma cerveja e pular na água”, conta.

Sobre os riscos de contaminação, Viktor diz que toma todos os cuidados necessários e afirma estar seguro. “Tentamos n sair só com os amigos próximos, três casais. Então, tomamos todos os cuidados para poder usar a lancha e ficar um pouco mais tranquilos”, diz.

A capital tem acumulado temperaturas elevadas neste mês. O dia mais quente do ano foi registrado em 19 de setembro, quando os termômetros bateram os 35,5ºC. Em 11 de setembro, as temperaturas atingiram 34,6ºC. O ano mais quente no DF foi o de 2017, quando a capital registrou 37,7ºC, em outubro.

Segundo os meteorologistas, a previsão é de que a chuva só comece a cair de forma mais constante a partir da segunda quinzena de outubro. 

Brasília - DF
Atualizado às 06h42 - Fonte: Climatempo
21°
Alguma nebulosidade

Mín. 18° Máx. 26°

21° Sensação
7 km/h Vento
88% Umidade do ar
90% (15mm) Chance de chuva
Amanhã (27/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 27°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Quarta (28/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 26°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.